A mulher e suas funções

É como navio mercante; de longe traz o seu pão (PROVÉRBIOS, 31:14).

            Alguma vez você já se sentiu cansada com o acúmulo de funções? Com certeza sim. Dizem que a mulher moderna exerce muitos papéis, diferente de antigamente onde ela apenas cuidava do lar. Na verdade, a Bíblia relata que não era assim, ela já possuía vários papéis. É só estudar o livro de Provérbios que encontraremos uma mulher que não era apenas dona de casa, era também serva de Deus, esposa, mãe, filha e empreendedora.

No versículo acima, a Bíblia compara a mulher virtuosa a um navio mercante. Detalhe, não é um navio qualquer, é uma embarcação usada para transporte de carga pesada, com capacidade de armazenar muitas toneladas. O navio mercante não era como um navio turístico que ficava unicamente a serviço de entretenimento e passeio. Ele estava a serviço da sociedade. Antigamente, quando este navio tinha a incumbência de transportar alimentos, geralmente navegava de lugares onde havia fartura para lugares onde havia escassez de comida. Quando a Bíblia faz uma comparação entre a mulher virtuosa e o navio mercante, ela está dizendo que assim como este meio de transporte carregava vários compartimentos, da mesma forma a mulher de Deus está capacitada para carregar vários containers. A mulher virtuosa é: serva de Deus, esposa, mãe, dona de casa, filha, profissional e estudante. Cada setor deve ser devidamente cuidado e transportado. É preciso carregar cada um deles, não deixando cair ao mar nenhum container. Infelizmente, por acharem o “acúmulo” de funções pesado demais, muitas mulheres acabam extraviando a carga no meio do percurso. Ou se dedicam apenas aos filhos, esquecendo-se do marido, ou se dedicam demais ao trabalho e esquecem-se dos filhos. Às vezes, algo é perdido ou a casa fica de lado ou os estudos são esquecidos. Mas na maioria dos casos, a primeira carga jogada ao mar é aquela referente ao compartimento de Deus. A oração acaba sendo esquecida, a leitura da Palavra negligenciada e o serviço na obra de Deus deixado de lado.

Todos os containers são importantes, cada um tem suas implicações, por isso, de forma geral, todos  exigem dedicação. Entre eles, há o papel fundamental para o sucesso de todo o resto, é o de filha de Deus. O Senhor é a fonte de nossa alegria. Ele espera para se relacionar conosco através de um devocional diário. Ele é a luz que ilumina nossos passos nos ajudando nas decisões diárias. Por que então jogar ao mar aquilo que nos mantém vivas? Não largue esse container!!! Ele é vital para sua saúde emocional e espiritual.  Ore todos os dias, leia a Bíblia, passe tempo com Deus. Essa comunhão é mais importante do que você pode imaginar, ela é que te ajuda a suportar a carga de todo o resto.

Há outro compartimento muito especial também, o de esposa. Ter um esposo é uma dádiva, é algo do céu. É maravilhoso ter alguém para compartilhar momentos bons e projetar o futuro. Claro, como na vida nem tudo são flores, mesmo o melhor dos casamentos vai exigir manutenção. E, aqui, entende-se por manutenção o ato de buscar constantemente agradar ao outro. Sentar para conversar mesmo quando estiver cansada. Fazer uma comida gostosa mesmo sem disposição. Gastar seu tempo para fazer o outro feliz. Como já dito anteriormente, dedicação exige tempo e renúncia muitas vezes. Depois de um dia de trabalho árduo, você não pode simplesmente jogar ao mar o container de esposa. Não esqueça que ele faz parte de você também, se jogar ao mar essa função, um pedaço de você será colocado fora e com certeza trará prejuízos ao casamento.

Outro container abençoado é o dos filhos. A mulher além de esposa é também mãe. Ela precisa ser o exemplo, o modelo a ser seguido. Ela precisa cuidar, dar carinho, atenção, educar e principalmente amar. Ter um filho não é simplesmente trazer ao mundo e terceirizar a educação. É certo que talvez ele precise ir para uma escolinha. Mas quando chega a noite em casa, onde ele fica? Jogado na frente de uma televisão? Brincando sozinho? Na frente de um computador, tablete ou celular? Se você já é mãe, lembre-se que precisa gastar tempo de qualidade com seu filho também. Ouvi-lo, ajudar no tema de casa, dar conselhos, orientar, participar ativamente de sua vida escolar. Caso seu filho já seja adulto, não muda o quesito tempo de qualidade. Certo que as necessidades dele serão outras, não será preciso brincar com ele no balanço da pracinha, mas ouvi-lo ou simplesmente estar perto se faz necessário. Não é porque ele é um adulto que não precise de uma mãe. Muitas mulheres acham que se derem bens materiais aos filhos será suficiente. Com o passar do tempo, o único retorno que conseguem é um filho ausente e distante. Não jogue ao mar o papel de mãe, talvez quando quiser recuperar esse container, seu filho já estará a milhas de você.

Toda mulher quer ser a rainha do lar certo? Errado. Muitas mulheres só querem o posto de governar e recusam os encargos de tal função. Mesmo que você trabalhe fora, não deixa de ser uma dona de casa. Afinal, tem um lar para governar. As tarefas não somem pelo simples fato de você ter a carteira assinada como profissional de alguma área, ou pelo diploma que tem. Ao chegar em casa, tudo estará lá te esperando. A única diferença para aquelas que trabalham fora e não tem empregada doméstica é que terão que realizar as atividades pós-trabalho. Mesmo aquelas que têm alguém para fazer o serviço da casa, precisam saber dar ordens. São elas que dizem à empregada o que fazer, o que comprar, o que priorizar de limpeza no dia. Em outras palavras, até para mandar é preciso saber governar. Cuide de sua função de dona do lar. Não negligencie com a limpeza da casa, das roupas, com a arrumação de tudo. É responsabilidade da mulher tornar a casa convidativa ao marido e aos filhos. Mesmo quando é necessário dividir algumas tarefas, é responsabilidade da mulher ordená-las. Não deixe esse container abandonado. Mantenha-o limpo e arrumado.

Às vezes, na correria do dia a dia, a mulher esquece que ainda tem o papel de filha para cumprir. O único mandamento com promessa é o de honrar pai e mãe. Não é porque você cresceu e que tem suas atribuições de adulta que deixou de ser filha. Seus pais necessitam de você, de sua atenção, companhia e apoio. Veja se não estão precisando de algo, ligue ao menos para dar oi. Mande mensagem dizendo que os ama. Convide-os para participar de suas alegrias e tristezas. Caso eles sejam frios e indiferentes, comece por você fazendo o que é certo: ame de forma incondicional. Não perca mais esse container, se cuidá-lo, teus dias se prolongarão nessa terra.

Além de tudo isso, a mulher virtuosa ainda tem o container da profissão e da vida de estudante. Ela costuma dar o seu melhor quando o assunto é conhecimento e empenho. No trabalho é louvada, conhecida por sua capacidade. Capacidade essa que vem pela constante busca pelo conhecimento. Infelizmente, muitas mulheres abandonam seus estudos. É mais confortável ficar numa zona que não exige tanta dedicação delas. Bom, o resultado é previsível, acabam se acomodando em uma posição que talvez não seja a do plano de Deus. O Senhor nos chama para estarmos acima da média, note que a Bíblia diz que a mulher virtuosa é como um navio mercante que de longe traz seu pão. Muitas mulheres querem dar o melhor para os filhos, ter uma casa mais confortável. Mas o que fazem para conseguir? Nada, apenas trabalham e trabalham e trabalham sem uma perspectiva de crescimento. Permanecem com o mesmo salário por anos e nada muda. A mulher virtuosa precisa se aperfeiçoar no que faz. A vida profissional é totalmente dependente da vida escolar. Não tem como ser boa no que faz, sem gastar tempo se preparando para isso. Não adianta jogar ao mar o container da vida profissional e acadêmica, por achar que eles estão exigindo muito. Vai chegar o momento que você vai sentir falta dos estudos. Vai chegar a hora que a falta de especialização profissional vai te deixar menos próspera, afinal caso você pare de buscar isso perderá mais um container de seu navio. E perdas sempre são prejuízos.

É preciso haver um cuidado especial com todos os tipos de carga, não negligenciando nenhuma. Todas são importantes, porque ao se chegar ao porto, daremos conta ao dono do navio sobre tudo aquilo que esteve aos nossos cuidados.


4 comentários sobre “A mulher e suas funções

  1. Amei o texto!!Muito esclarecedor….Mesmo sabendo de nossas funções, acabamos as vezes largando algo importante ao mar…Como vc disse todas as cargas do nosso navio são importantes ,pois foram dadas por Deus…Que Deus continue te usando !!!!

    Curtir

  2. Ótimo texto , seus devocionais me ajudam muito diariamente ! Sou leitora diária, e esse texto me ajudou muito a pensar na forma de “organizar” minha carga !
    Obrigada querida Alexandra por mais uma vez pensar em ajudar o próximo através de seu empenho, dedicação e direção de Deus .
    Deus te abençoe sempre ! Bjs 😘 Suelyn

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s