Como ter fé?

E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo (ROMANOS, 10: 17).

Quantas vezes você já sentiu suas forças esvanecerem? Ou talvez, por não executar coisas impossíveis achou que sua fé é fraca? O desânimo bate porque não compreendemos direito nem o que é fé, nem o modo como ela é desenvolvida dentro de nós.  A fé é entendida como um escudo para a vida do crente. A quem tente se apropriar dela para adquirir coisas grandes, para alcançar objetivos difíceis. Quando o termo fé é pronunciado, logo o que vem à mente das pessoas é a conquista de coisas impossíveis. Mas fé é muito mais do que isso. Fé é estabilidade, constância. Aqueles que creem costumam ser perseverantes. Pessoas que tiveram sua fé desenvolvida pela Palavra de Deus colocaram-na num nível mais profundo – do espírito. Consequentemente, são estáveis, são resistentes, pois sua fé não é emocional. Nada abala, nada derruba, nada os faz desistir de um propósito. Por isso, conquistam mais do que aqueles que possuem uma fé rasa.

No contexto bíblico, a fé é um termo que tem suas raízes no mundo semita, é conhecida pelo termo Ámem, palavra que evoca estabilidade, certeza, solidez, apoio e suporte duradouro. Dessa mesma raiz, vem à palavra emunah (fé) e a emet (verdade). Tais termos referem-se a tudo que é sólido e firme. Paulo relaciona fé a outras realidades espirituais como: fé e pregação. De acordo com o apóstolo, a fé só é desenvolvida em uma pessoa por intermédio da Palavra de Deus. Sobre isso ele declara: “De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir da palavra de Deus” (ROMANOS 10:17). Alguns princípios podem ser retirados desse versículo:

  • É a Palavra de Deus que desenvolve a fé;
  • A Palavra é a única fonte de fé;
  • A Palavra é retransmitida através de homens e mulheres;
  • Todo aquele que ouve a Palavra e a aceita, torna-se um crente;
  • Uma vez crente, a pessoa passa a ter firmeza, tem seus alicerces sobre a Palavra de Deus (GÁLATAS, 3:2-5; MATEUS, 7: 24-25).

Para Paulo, o Cristo ressuscitado é a fonte de fé e a pregação da Palavra é o meio de desenvolvê-la. Ele demonstra melhor esta ideia através do texto: “Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã é também a vossa fé” (I CORÍNTIOS 15:14). Ou seja, fé e pregação andam juntas. Ele afirma a ressurreição de Cristo, caso não fosse, tanto sua pregação quanto sua fé seriam inúteis. Note que ele coloca fé e pregação lado a lado, numa mesma escala de importância. Afinal, é por intermédio da pregação, seja ela falada ou escrita que a Palavra de Deus é conhecida e tal conhecimento adquirido gera fé no coração de quem ouve ou quem lê.

Sem a Palavra é impossível ter fé

De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam (HEBREUS, 11: 6).

Para desenvolver a nossa fé é preciso estudar a Palavra de Deus, pois como crer em algo que não se conhece? Se a fé vem pela Palavra de Deus, só será possível desenvolvê-la através de um estudo contínuo dela. À medida que a pessoa lê, vai adquirindo solidez e constância na sua crença. A convicção dessa pessoa passa a estar naquilo que Deus diz e não no que suas emoções dizem, ou no que a cultura diz.

A Palavra passa a ser a referência e a base de tudo. Muitas pessoas são inconstantes em sua caminhada com Cristo porque tem sua fé baseada na emoção, nas circunstâncias, na opinião alheia e na cultura que está inserida. Pessoas que não se alimentam diariamente da Palavra de Deus têm a tendência a ser manipuláveis. Tudo em sua volta exerce influência. Afinal, a base não existe. Mas quando uma pessoa conhece a verdade bíblica, não é influenciável, muito menos se deixa abater por qualquer onda de problema ou vento de dificuldade. Paulo ainda relaciona Palavra e fé:

Na verdade, partindo de vós, a palavra do Senhor, não só ecoou na Macedônia e na Acaia, mas por toda a parte se propagou a fama da vossa fé em Deus, de tal modo que não temos necessidade de falar disso (I TESSALONICENSES 1:8).

 O autor destaca que a Palavra de Deus foi conhecida entre os homens através da fé que eles testemunhavam. Ou seja, através de uma forma de viver constante por parte dos cristãos. Ele salienta que testemunho de fé anda lado a lado com aquilo que pregamos. Ou seja, o bom testemunho deve ser evidente na vida daquele que se diz cristão.

Uma pessoa que tem a fé genuína não oscila diante de problemas. Ela mantém uma constância diante da adversidade. Paulo cita que a fé é um escudo que protege o crente (EFÉSIOS 6: 16), ela defende-o dos dardos do maligno, ou seja, dos pensamentos negativos, dos sentimentos de fracasso e derrota, dos ataques verbais de terceiros. A pessoa que tem uma fé alicerçada na Palavra de Deus tem esse escudo. É como se recebesse uma blindagem. Note que Paulo não descarta a possibilidade de o crente sofrer ataques. Pelo contrário, ele menciona que: “[…]tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes” (EFÉSIOS 6: 13). Então, o dia “mau” existe. O cristão o enfrentará, a diferença está em como passar por isso, com escudo ou sem escudo? Tudo dependerá se o crente estará munido da Palavra de Deus ou não.

A fé é que torna o crente inabalável e não sua força de vontade. O que diferencia um vencedor de um fracassado é a sua perseverança. Essa habilidade refere-se às pessoas que conseguem lidar com seus próprios problemas, vencer obstáculos e não ceder à pressão seja qual for a situação. Diz respeito àqueles que resistem, perseveram e se mantém sólidos diante do dia mau. Observe que isso é a mesma definição de fé citada acima. Problemas todos enfrentam, mas o que você faz com eles é que determina o tipo de pessoa que você é.

Jesus oferece ao seu povo uma fé inabalável. Cabe ao cristão se apropriar dessa fortaleza. Ela está a disposição por intermédio da Bíblia Sagrada. Não há outro meio de se manter firme diante dos problemas. Não há outra forma de se refazer quando se enfrenta uma perda. A pergunta que fica é: a qual grupo de pessoas você quer pertencer? Dos vencedores ou dos fracassados? Se dos vencedores, passe a ler sua Bíblia.

 

 


2 comentários sobre “Como ter fé?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s